Tecnologia em Saúde

Unidade de Avaliação de Tecnologias em Saúde

A Unidade de Avaliação de Tecnologias em Saúde (UATS) foi criada para desenvolver estudos e pesquisas de alta qualidade técnica em relação às tecnologias em saúde, uma área em ascensão no Brasil e no mundo mediante os custos de adoção e crescente demanda.

Entende-se por tecnologias em saúde os medicamentos, equipamentos e procedimentos técnicos, sistemas organizacionais, educacionais, de informação e de suporte, e programas e protocolos assistenciais, por meio dos quais são prestados à população a atenção e os cuidados com a saúde.

Objetivos da UATS do Instituto de Educação e Ciências

1. Realizar avaliações de tecnologias em saúde, com ênfase em tecnologias utilizadas no âmbito hospitalar;
2. Apoiar a Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde (REBRATS);
3. Promover a capacitação e formação de gestores e profissionais de saúde para a realização de avaliações de tecnologias em saúde e sua utilização nos processos de tomada de decisão;
4. Desenvolver estudos de Monitoramento de Horizonte Tecnológico.

Avaliação de Tecnologia em Saúde

A Avaliação de Tecnologias em Saúde é um processo abrangente, por meio do qual são avaliados os impactos clínicos, sociais e econômicos das tecnologias em saúde, levando-se em consideração aspectos como eficácia, efetividade, segurança, custos, custo-efetividade, entre outros.

Esta avaliação busca auxiliar os gestores em saúde na tomada de decisões coerentes e racionais quanto à incorporação de tecnologia em saúde emergentes e novas, e o abandono das tradicionais ou obsoletas.
 

Avaliação de Tecnologias Novas e Emergentes

Atualmente, realiza-se o Monitoramento do Horizonte Tecnológico - MHT para identificação, filtragem e priorização de tecnologias novas (em fase de adoção) e emergentes (antes da adoção), e também para avaliação ou prevenção de impactos na saúde, nos gastos, na sociedade e nos sistema de saúde.

Dessa forma, o MHT fornece subsídios sobre a incorporação ou abandono de tecnologias aos agentes de decisão.

A Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde (REBRATS) é uma rede de instituições que atuam com o objetivo de promover e difundir a Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS) no Brasil.São princípios norteadores a qualidade e excelência na conexão entre pesquisa, política e gestão nas diversas fases de avaliação de tecnologias (incorporação, difusão, abandono), no tempo oportuno e no contexto para o qual a atenção é prestada. ​​

Instituto de Educação e Ciências em Saúde